A Música e Eu

Sempre tive verdadeiro fascínio pela música, desde muito pequeno, mas meu caminho pela arte começou através do desenho de histórias em quadrinhos, me amarrava em criar histórias, e desenhar seus personagens. 

Passava horas desenhando e bolando historinhas e personagens. Mais tarde um pouco, passei a fazer poesias, outra linda forma de arte que me fez perceber o quanto gostava de escrever.

 Daí, experimentei mais um dos caminhos que a arte te oferece, o Teatro aonde atuei durante a minha infância. Foi muito importante ter o contato com o público.

Uma forma de arte que não tive a oportunidade de executar foi a dança, bom, mas essa não dava deu … (risos) Não tenho jeito mesmo para dançar …

Mas aí, finalmente pintou a música! Foi amor a primeira vista quando ganhei meu primeiro violão, dado pela minha madrinha, e corri para aprender meus primeiros acordes, e a partir deles minhas primeiras composições.

Paralelo a todas as formas de arte que conheci, sempre sonhava em cantar, em aprender violão, compor músicas e formar uma banda. 

Costumo dizer que não somos nós que escolhemos a música, é ela quem nos escolhe, e a música pra mim é algo mágico e sagrado, a qual agradeço a Deus todos os dias pela oportunidade de tê-la em minha vida!

Segue o Sol!

Marcelo Daimom

Tagged .

Comentários: